/Ação flagra contrabando e cerca 600 pneus importados irregulares; distribuidora deve ser multada em mais de R$ 240 mil

Ação flagra contrabando e cerca 600 pneus importados irregulares; distribuidora deve ser multada em mais de R$ 240 mil

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazem, na manhã desta terça-feira (11), em Mato Grosso do Sul e outros quatro estados: São Paulo, Goiás, Paraná e Santa Catarina, uma operação para combater a venda de pneus usados importados. Por convenção internacional, desde 1989, é proibida a importação desde tipo de produto.

Em Mato Grosso do Sul a ação está sendo realizada em quatro locais em Campo Grande e em dois em Dourados. Na capital, um dos primeiros locais vistoriados foi uma distribuidora na Vila Piratininga, onde foram localizados mais de 600 pneus usados importados irregularmente de países como a Alemanha, França, Turquia e até do Cazaquistão.

Fiscalização apreendeu mais de 600 pneus somente em MS — Foto: Ibama/Divulgação

Fiscalização apreendeu mais de 600 pneus somente em MS — Foto: Ibama/Divulgação

Fiscais do Ibama apontam que, além de já terem sido utilizados em seus países, alguns destes pneus, pela especificação, como, por exemplo, terem sido produzidos para uso na neve, não poderiam voltar a rodar novamente em países tropicais. “São pneu vendidos como descarte, que são importados irregularmente e comercializados por borracharias”, comenta um dos fiscais.

Com uma multa de R$ 400 por cada unidade importada irregularmente e como a vistoria no local ainda não terminou, a penalidade somente pelos pneus já encontrados na distribuidora deve passar dos R$ 240 mil. Além da multa, os pneus foram apreendidos O proprietário do estabelecimento ainda será obrigado a dar uma destinação correta aos materiais apreendidos.