/Acusado de matar a ex a tiro será interrogado hoje pela Justiça

Acusado de matar a ex a tiro será interrogado hoje pela Justiça

A Justiça de Aquidauana, ouve na tarde desta segunda-feira (11) Ronaldo Dei Carpes Rocha, acusado do feminicídio da ex-mulher Ariadni Oliveira Molina, de 26 anos, ocorrido no dia 3 de abril do ano passado. A vítima foi morta com um tiro. O homem chegou a fugir, mas foi preso no Mato Grosso.

Durante a audiência que será realizada hoje, o Poder Judiciário vai colher depoimento das testemunhas de defesa, das testemunhas de acusação e fará o interrogatório dos réus. No entanto, ainda não há data para julgamento. Conforme já noticiado, vítima e autor tinham relacionamento conturbado, marcado por casos de violência doméstica.

Em 2019, Ariadni chegou a pedir revogação da medida protetiva, já que teria reatado o relacionamento. No entanto, no começo de 2020 teve um término definitivo, quando passou a ser ameaçada de morte por ele.  A mulher então, no dia 12 de março, pediu uma medida protetiva na delegacia de polícia.

Após várias ameaças, o feminicídio ocorreu na tarde de 3 abril. O homem foi até a residência onde a ex estava, no bairro Nova Aquidauana, entrou no local e atirou nela. Depois, fugiu em uma motocicleta. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

Contra o homem já havia um mandado de prisão em aberto por homicídio. Ele acabou sendo preso dias depois, no Mato Grosso. As investigações foram conduzidas pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Aquidauana.