/Dono de cão diz que não percebeu que animal era arrastado em veículo
ameçaram médico, e provavelmente estavam embriagados

Dono de cão diz que não percebeu que animal era arrastado em veículo

Após divulgação do vídeo em que um cachorro aparece sendo arrastado por um carro, o dono do animal, de 26 anos, afirma que o cão foi amarrado ao veículo pela avó e que não notou a presença do bicho quando deu partida no automóvel. Na família há 1 ano e seis meses, “Thor” foi levado ao veterinário e está bem, apesar dos ferimentos.

“O cachorro é de estimação da família e o que aconteceu foi uma fatalidade. O carro estava estacionado dentro da casa e a avó dele amarrou o cachorro lá. Quando ele pegou o veículo para levar até uma mecânica, que fica a duas quadras, não viu e acabou puxando cão”, explica o advogado Bruno Tamaciro.

De acordo com ele, Thor foi arrastado por cerca de duas quadras. Quando se deu conta do que havia acontecido, o motorista prestou socorro ao bicho. “Ele saiu correndo e foi levar para o veterinário”, relata.

O cachorro já está novamente com a família e, segundo o delegado, na segunda-feira (18) o rapaz vai se apresentar à polícia para prestar esclarecimentos. “Ele viu a repercussão do vídeo e ficou apavorado, mas vamos explicar tudo”, finaliza Tamaciro.

O caso – Câmera de segurança flagrou motorista arrastando cachorro amarrado a um Chevrolet Kadett. O caso aconteceu por volta das 15h de segunda-feira (dia 11), na Rua Antônio Bittencourt Filho, na Vila Nhanhá, em Campo Grande.

As imagens foram enviadas ao Direto das Ruas por funcionário de uma empresa que fica no bairro. Conforme já noticiado pelo Campo Grande News, o homem tentou alcançar o veículo para libertar o cachorro, mas não conseguiu. “Fiquei sem poder fazer nada. O animal tentava se levantar”, lamentou.

Fonte: Campo Grande News