/Empregador que devia funcionário é surpreendido e morto com pauladas na cabeça
pauladas por conta de dívida

Empregador que devia funcionário é surpreendido e morto com pauladas na cabeça

A polícia da cidade de Ladário, a 426 quilômetros de Campo Grande, prendeu nesta terça-feira (31) Luiz Gustavo Merlo de 25 anos, acusado de matar o patrão, Roosevelt Gonçalves Serejo de 69 anos, na última segunda (30).

Inicialmente, Luiz teria dito a polícia que encontrou o corpo do patrão na segunda pela manhã. Ele teria ido até a casa do idoso após ele não responder aos chamados. Ele foi liberado.

Após vários testemunhos a polícia passou a desconfiar de Luiz e nesta terça (31), os policiais o seguiram até sua casa, onde vários objetos da casa de Roosevelt foram encontrados como televisão, botijão de gás, frigobar.

De acordo com o site Diário Corumbaense, o carro do idoso, um gol, foi encontrado em uma oficina de Corumbá, sendo que o dono da oficina confirmou que Luiz teria deixado o veículo no local.

Já na delegacia, ele acabou confessando o crime e disse que cometeu o assassinato porque o idoso devia a ele. Luiz contou que matou o patrão com golpes de madeira na cabeça. Ainda na casa dele uma espingarda calibre 22 foi localizada. Ele foi levado para a delegacia.

Fonte: Thatiana Melo

TAGS: