/Escritor Ilson Ozorio lança “Minha Vida de Estudante…”

Escritor Ilson Ozorio lança “Minha Vida de Estudante…”

Ozorio transporta o leitor para a Dourados das décadas de 50 e 60

O escritor Ilson Ozorio narra os sonhos de jovens que foram estudar na região Sul do Brasil nos anos 70, no livro “Minha Vida de Estudante: Incluindo uma República de Estudantes Douradenses em Curitiba (PR)”. A obra deve ser lançada no primeiro semestre de 2019.

Para elaborar o livro, Ilson recorreu as histórias e fotografias dos amigos após o terceiro encontro realizado em 2017 em Dourados, no qual estiveram presentes colegas de Curitiba dos anos 70. “As histórias de vida dos douradenses integrantes desta República são muito parecidas, ou seja, filhos de famílias pioneiras, jovens que nasceram e foram criadas na área rural de Dourados, que decidiram correr atrás dos seus sonhos, sobretudo de estudar numa cidade grande, com o objetivo de ingressar em uma Universidade”, enfatiza Ozorio.

Ele concluiu seus estudos no primário, ginásio (o atual Ensino Fundamental) e o científico (Ensino Médio) em Dourados. “Estimulados pelos douradenses já formados em Curitiba, além de amigos que estudavam lá, no ano de 1972, fui morar inicialmente na República da Treze de Maio, em companhia dos meus amigos de infância, para fazer cursinho e depois faculdade”, recorda Ilson que é formado em Economia.

No livro “Minha Vida de Estudante…” da Biblio Editora, Ozorio transporta o leitor para a Dourados das décadas de 50 e 60, quando os primeiros douradenses realizaram o desejo de estudar em Curitiba. Nesta lista de mais de 200 nomes estão: Neil Fioravanti, Claudio Iguma, Odilon Alves da Silva, Jones de Mattos, Fandi Faker, Jadir de Mattos, Valmir Pedroso, Elcio de Souza, Lauro Machado, dentre outros.

“Eles, com certeza, perceberam que não havia outra alternativa, ou seja, estudavam fora de Dourados ou ficavam trabalhando, com a própria família, geralmente na área rural do município. Por outro lado, vale mencionar, que os primeiros cursos superiores implantados na cidade de Dourados, só surgiram em março de 1971, incluindo somente Estudos Sociais e Letras. Esses jovens moravam em dezenas de repúblicas de estudantes, localizadas principalmente na área central da cidade, sendo que alguns, após o ingresso na faculdade, moraram na Casa do Estudante Universitário no Paraná”, registra.

Toda a renda revertida com a venda do livro de Ilson Ozorio vai custear o próximo encontro dos ex-estudantes de Curitiba, previsto para o ano que vem.

Currículo

Ilson Ozorio nasceu em Dourados. É escritor, poeta e membro da Academia Douradense de Letras (ADL) e do Centro Cívico Histórico e Cultural de Dourados. É economista, mestre e doutor em Ciências da Educação e proprietário da Fazendinha Ecológica. Ele é autor de vários livros como: “Minha Infância na Fazenda”, “Meus Poemas”, “A Poesia Regional na Educação Ambiental”, além de participações em obras “Reverberações – Conto, Poesia e Crônica”, “Panorâmicas Palavras- Conto, Poesia e Crônica”, “Dourados e Sua Natureza, em Prosa, Poesia e Cordel”, entre outros. Ele recebeu inúmeros prêmios em sua carreira literária e de militante ecológico. No ano de 2002, recebeu o prêmio Marco Verde, durante a Semana do Meio Ambiente; em 2011, foi contemplado com o Prêmio Ildefonso Ribeiro, concedido pela Câmara Municipal de Dourados, dentre outros.