/Jovem é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
presa com drogas e por ter adulterado cena de crime

Jovem é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime

Giovana Franco Dias, 25, acabou presa acusada por tráfico de drogas e fraude processual (crime previsto no artigo 347 do Código Penal do Brasil, consiste em modificar o local do crime). Conforme mostrado pelo Dourados News, ela disse ter encontrado morta a amiga Mayara Freitas Matoso,21. O fato ocorreu na rua Francisco Luiz Viegas, jardim Pelicano, residência em que moravam juntas.

Perícia identificou que Mayara foi morta por esganadura e também teria levado socos. Conforme informações policiais, Giovana disse ter chegado na casa por volta de 8h40 do sábado (22) e ao adentrar ao quarto, viu Mayara na cama e ar condicionado ligado e por acreditar que ela estivesse dormindo optou por dormir na sala para não acordá-la.

Ela disse ainda que por volta das 11h recebeu uma ligação de funcionária de um salão de beleza que perguntava de Mayara, pois a mesma teria marcado um horário no local e não havia aparecido e também não atendia o celular.

Diante disso, Giovana disse que se deslocou até ao quarto e notou que a amiga estava morta.

Durante levantamentos no local, a Polícia Civil encontrou três porções de maconha, no total de 50 gramas, papel para embalar entorpecente e ainda dechavador, além de várias bitucas de cigarro.

A investigação da equipe, sob direcionamento da delegada da Mulher, Paula Ribeiro, chegou a conclusão de que Giovana alterou a cena do crime.

Ainda de acordo com informações da Polícia Civil, itens foram subtraídos do local, o que fez o crime ser tratado como latrocínio.

Diante dos fatos, Giovana foi autuada acusada por tráfico de drogas e fraude processual.

O caso continua em investigação.