/Mãe e bebê assassinadas são veladas em capela de Rio Brilhante

Mãe e bebê assassinadas são veladas em capela de Rio Brilhante

Choro, angústia e inconformidade. Assim foi a chegada dos corpos de Maiana Barbosa de Oliveira, 20, e da pequena Dandara de apenas 1 mês. Mãe e filha foram brutalmente assassinadas em uma residência localizada na região do Jardim Água Boa em Dourados na madrugada de ontem (26).

Natural de Rio Brilhante, as vítimas foram transportadas à capela mortuária Ilton Soares Cândido por volta das 1h30 de hoje. Centenas de pessoas se reuniam no local para aguardar a chegada dos caixões.

O suspeito pelo assassinato das vítimas, o próprio pai de Dandara e namorado de Maiana, Marcos Fioravanti Neto, 22, foi preso ontem à noite após furtar uma bicicleta em Dourados, seguir até Vicentina, onde furtou uma motocicleta, trafegando 28 quilômetros até Glória de Dourados, onde tentou assaltar uma idosa, mas foi contido por populares.

Maiana era acadêmica do curso de história da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). O horário para o sepultamento das vítimas está marcado para às 17h na cidade natal da estudante.

O CASO

Maiana e Dandara foram encontradas por familiares do rapaz em uma residência localizada na Rua Humaitá, no Jardim Água Boa. A jovem possuía facadas pelo corpo, enquanto a bebê também acabou golpeada e ainda sofreu afundamento no crânio.