/Novo drive-thru pretende acelerar vacinação em Dourados

Novo drive-thru pretende acelerar vacinação em Dourados

Foi inaugurado nesta segunda-feira (14) o novo drive-thru da vacinação em Dourados, localizado no Pavilhão de Eventos Dom Teodardo Leitz, que fica na rua Coronel Ponciano, no Parque dos Jequitibás.

O espaço, que entrou em funcionamento às 16 horas, tem como objetivo acelerar ainda mais a imunização contra a Covid-19 no município.

A iniciativa é uma parceria da Prefeitura de Dourados com a FIEMS (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul) e nesta fase, adultos com 50 anos ou mais serão imunizados. A partir de amanhã, o horário de funcionamento será das 8h às 12h e das 14h às 18h. “O drive chega a Dourados em excelente momento para ampliar a vacinação. Se tiver vacina vamos funcionar 24 horas, porque temos estrutura. Vamos mostrar com trabalho firme e duro que vamos conseguir sair deste momento. Em 30 de maio, respeitando o que os técnicos da saúde falaram e seguindo a ciência, decretamos medidas mais restritivas e agora os primeiros dados estão aí, a média móvel da transmissão da Covid caiu 45%. Por isso, temos a convicção de seguimos o plano mais adequado e correto”, destacou o prefeito Alan Guedes.

Já o presidente da FIEMS, Sérgio Longen, ressaltou que a parceria tem o objetivo de avançar com a vacinação. “Unidos pela Vacina é um projeto nacional liderado pela Luiza Trajano. Aqui no Estado a FIEMS e a Energisa estão liderando essa iniciativa privada. Dourados entrou agora neste projeto e nossa meta é vacinar o industriário e trazer também a população para vacinar. Além disso, vamos colocar em prática o testômetro da covid, que é a testagem em massa, uma ação preventiva e aqui vamos iniciar com 5 mil testes”.

Além dos testes, também foram doados a Prefeitura, um ultra freezer – 80° para armazenamento das vacinas Pfizer, 36 geladeiras, cinco capacetes elmo, que servem como intermediários entre o respirador e a intubação, e 36 caixas térmicas para transportar as vacinas. “Unidos pela Vacina é uma iniciativa privada e temos apoio dos empresários do Mato Grosso Sul. É uma contribuição para que a vacina chegue o mais rápido possível aos braços dos brasileiros”, explicou o diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhais.