/Vândalos invadem Escola e destroem materiais de estudo
ESCOLA DESTRUÍDA

Vândalos invadem Escola e destroem materiais de estudo

Jovens invadiram e destruíram vários materiais do Polo de Artes e Esporte de uma Escola , em Campo Grande. Os quadros que os alunos haviam pintado e que seriam expostos foram todos borrados com tinta.

Conforme a coordenadora Graciela de Almeida, a situação foi descoberta pelo piscineiro que foi fazer a limpeza e se deparou com a piscina suja de tinta e tatames jogados na água. Ele acionou um dos professores da unidade que imediatamente foi à escola de bicicleta. Ao chegar, ele se deparou com várias crianças e adolescentes saindo da unidade.

O educador foi atrás delas a pé, mas não conseguiu acompanhá-las. “A gurizada correu”, lamenta a coordenadora. Ela conta que o grupo entrou na unidade para tomar banho nas piscinas, mas acabaram destruindo todos os materiais de artes inclusive os quadros da crianças que seriam expostos no fim do ano no Marco (Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul).

“Eles jogaram tintas no quadros, nas paredes e nas piscinas. Também destruíram várias telas. Está todo mundo arrasado”, diz Graciela. A professora de Artes, Munique Meloni, ainda não tem valor do prejuízo, mas afirma que acabaram com todo estoque de tinta guache, acrílico, pva, papéis e várias telas, inclusive de madeira.

“Estou muito triste. Foi uma maldade. Demora muito para pintar um quadro desse. Tinha trabalho que estava quase pronto”, reclama Munique. No total, foram mais de 20 quadros destruídos. A direção pede ajuda financeira ou de materiais para repor o estoque. O caso não foi registrado na polícia.

Fonte: Viviane Oliveira e Bruna Pasche