/Mesmo com previsão de chuva, fim de semana será de altas temperaturas de até 37°C

Mesmo com previsão de chuva, fim de semana será de altas temperaturas de até 37°C

A volta gradual das chuvas no mês de outubro devem dar um ‘alívio’ ao período severo de estiagem e clima seco da semana passada. Mesmo com previsão de chuva, o fim de semana será de altas temperaturas em todas as regiões de Mato Grosso do Sul, com máxima de até 37°C.

De acordo com o levantamento do (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), o tempo segue instável no Estado. O céu vai de nublado a encoberto com possibilidade de pancadas de chuvas para todos os municípios. Ao longo do dia, devem ser registrados ventos fracos e moderados.

No sábado (17), a previsão é de que as temperaturas variam entre máxima de 34°C a 37°C, a mínima será de 20°C a 25°C. A umidade relativa do ar aumenta, é estimada a variação de 40% a 90%. É esperado chuvas rápidas e intensas, como tradicionalmente são registradas na primavera.

As cidades que mais terão índice de calor acima de 35°C serão: Corumbá, Sonora, Coxim, Miranda, Aquidauana, Porto Murtinho e Água Clara. Já na região sul e nordeste de MS, a máxima prevista é de 34°C, em Dourados, Jardim, Ivenhema, Sete Quedas, Três Lagoas, Bataguassu, Paranaíba, Chapadão do Sul e Campo Grande.

Para o domingo (18), é esperado pancadas de chuva isoladas em todas as regiões. Embora o céu de nublado a parcialmente nublado, as altas temperaturas também marcam o fim de semana. A mínima será de 21°C entre 25°C, e a máxima vária de 34°C a 37°C.

Poderá ter risco de declínio adverso que podem causar tempestades, raios, rajadas de vento e queda de granizo, que podem causar prejuízos aos moradores.

Durante a projeção de dados divulgada nesta quinta-feira (15), a coordenadora do , Francine Rodrigues, ressaltou que o período chuvoso retorna de forma gradativa no Estado.

“De 15 a 23 de outubro, o mapa mostra bons acumulados em torno de 50 mm em MS, e concentração de chuva na região pantaneira. Esperamos que as condições se revolvam nesse período. De 23 a 31 de outubro a intensidade de chuva aumenta mais ainda, variando até 100 mm. Mesmo com as chuvas, a preocupação é de que se a chuva iria continuar, mas as estimativas mostram que continuam até meados de novembro”, explicou.