/Vereadores presos são afastados pela Justiça e suplentes assumem hoje

Vereadores presos são afastados pela Justiça e suplentes assumem hoje

A Justiça determinou o afastamento dos três vereadores presos na Operação Cifra Negra, desencadeada no dia 5 de dezembro, em Dourados.

Além de Idenor Machado (PDSB) já havia feito o pedido na semana passada e teve o lugar ocupado por Maurício Lemes (PSB), os parlamentares Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB) deixarão temporariamente as suas funções na Casa.

Toninho Cruz e Marcelo Mourão assumem os postos de ambos, respectivamente.

O segundo conseguirá o cargo porque na mesma medida judicial, outro ex-vereador, Dirceu Longhi (PT), preso na Cifra Negra, desencadeada pelo Ministério Público e 2º Distrito Policial, acabou afastando também.

Na tarde desta quinta-feira (13/12), nova sessão extraordinária está agendada, para as 14h na tentativa de se votar a nova Mesa Diretora. 

No mesmo encontro serão empossados os novos parlamentares e votado os pedidos de dois recursos da chapa 1, que tem como candidato à presidência Pedro Pepa e Cirilo Ramão como segundo suplente.