/Pane em avião e morte de Marília foram gatilho da depressão de Zé Neto

Pane em avião e morte de Marília foram gatilho da depressão de Zé Neto

O trágico acidente que tirou a vida Marília Mendonça no final do ano passado foi um dos assuntos da entrevista de Zé Neto e Cristiano concedida a este colunista, que viajou até São José do Rio Preto e foi recebido na mansão deles. O impacto desta perda, para se ter ideia, desencadeou depressão em Zé Neto, que chegou a perder 6kg em apenas dois dias.

Emocionado ao relembrar a amiga de longa data, ele relatou as experiências vividas com ela, a dor da despedida e necessidade de buscar por ajuda médica para enfrentar o luto e a depressão. “Começamos a fazer tratamento, terapia até a gente voltar a ser o que é hoje”, contou ele, tocado pela emoção.

Entre outros relatos, os sertanejos também detalharam um momento de grande tensão durante uma viagem de avião, pouco antes do acidente com Marília. Na ocasião, a aeronave teve uma pane e passou por turbulência extrema. “Começou a entrar um ventinho assim. Foi pacote de batatinha, lata de coca explodindo”, relembrou Zé Neto sobre os minutos de angustia no ar.

Os sertanejos, hoje uma das duplas mais expressivas da indústria musical brasileria, ainda contaram sobre a vida humilde do passado, as dificuldades do início de carreira, conquistas ao longo dos anos e a retomada da vida normal após dois anos de paralisação em decorrência da pandemia.

Fonte Metrópoles Coluna LeoDias